Sistemas de injeção eletrônica Bosch (parte3)

Publicado por Guilherme Lopes 

Hoje daremos seqüencia a nossa serie de artigos sobre os Sistemas de Injeção Eletrônica desenvolvidos pela Bosch, que é uma das pioneiras no seguimento de sistemas eletrônicos para gerenciamento de motor automotivo. Este é o ultimo post da serie de três capítulos.

Se você ainda não leu os outros dois texto, clique nos links a baixo:

Sistemas de Injeção Eletrônica Bosch (1° parte)

Sistemas de injeção eletrônica Bosch (2º parte)

Bosch

Sistema Motronic MED

A principal característica dos sistemas Motronic MED é a injeção de combustível direta. Antes do MED ser lançado pela Bosch o combustível era injetado no tubo de aspiração o que ocasionava uma perda de aproveitamento do mesmo, com a tecnologia do sistema de injeção direta, regulada eletronicamente, a Bosch consegui uma redução significativa de até 15% no consumo.

O motor gerenciado pelo sistema Motronic MED consegue trabalhar com uma mistura muito pobre no regime de marcha lenta e em perímetros urbanos, o que faz com que o consumo seja bem reduzido. Já em casos em que se necessita de uma alta potencia no motor, o MED responde injetando uma quantidade de combustível de forma que a mistura nunca deixe de ser Homogênea. Desta forma mesmo em momentos de alta carga no motor o MED não deixa de ser mais econômico que os sistemas convencionais.

Sistema Flex Fuel Bosch

Com o Flex Fuel o motorista não precisa de se preocupar com a proporção de álcool e gasolina que vai usar, pois este tipo de gerenciamento de motor reconhece e adapta com qualquer proporção dos dois combustível que houver no tanque.

A identificação da mistura dos combustíveis é feita pela sonda lambda (sensor de oxigênio), que envia um sinal para unidade de comando, para que a mesma inicie o processo de reconhecimento da mistura. Após a confirmação do combustível o Flex Fuel identifica qual é o ponto de mapeamento que mais se adequa a aceleração imprimida pelo motorista, ajustando assim os componentes do sistema de injeção eletrônica para o melhor funcionamento do motor sem consumo excessivo e perda de potencia.

Sistema Trifuel Bosch

Com o sistema Trifuel o motor pode ser abastecido com álcool, gasolina ou a mistura dos dois combustíveis e ainda pode ser utilizado o gás natural veicular (GNV).

O sistema Trifuel que é multiponto gerencia não só a injeção de combustível, mas também  o sistema de ignição, detonação, entrada de ar  e vários outros, sempre se baseando nos vários sensores espalhados pelo motor. Fazendo assim o melhor ajuste da mistura Ar/Combustível.

O sistema Trifuel vem dotado de um turbo compressor, que auxilia na eliminação da perda de potencia que os carros convertidos tem.

Este foi apenas uma breve descrição destes sistemas maravilhosos fabricado pela Bosch, em breve falaremos com maior riqueza de detalhes de cada um deles.

Dicas Relacionadas

Este artigo foi arquivado em Bosch,injeção eletrônica,Materias

Comentários

9 Comentários para “Sistemas de injeção eletrônica Bosch (parte3)”
  1. maria alice disse:

    meu carro é meriva joy 1.8 2007/2008, ja estou cansada de levá-lo a oficina( de confiança) trocou a bobina já umas 3 vezes pois o aparelho qdo passa acusa isso, e o problema se resolve apenas por uns 2 meses voltando novamente: o carro começa a engasgar uns 3 dias antes e depois quando estou andando ele apaga cortando a corrente eletrica todinha, ai mexe na bobina e ele volta a funcionar e ai luz da injeção apaga.SERÁ que pode ser problema na parte eletrica e não na injeção? já estou ficando decepcionada com carro da chevrolet pois não consegue descobrir o probl. Espero que me ajude pois não tenho confiança em viajar no meu carro.

  2. Nicinha disse:

    Meu corsa 2008/2009 começou a falhar, do nada. Entrei na garagem estava bom e quando saí no dia seguinte já não puxava. Parei no primeiro mecânico que ví e depois de analisar ele concluiu que é a bobina. Foi ao auto peças e voltou com uma peça de R$ 250,00 que ví que era diferente da minha, ou seja a minha tem ganchos que aquela não tem. Ele disse que faria uma adaptação tirando os ganchos da minha e colocando na outra peça. Não concordei e saí sem fazer nada. Bem… eu estava colocando gasolina no meu carro por uns 4 tanques seguidos e no ultimo eu enchí com alcool (que disseram que era aditivado, existe isso?). Pode ser este o motivo? Se tiver que trocar a bobina, qual a marca ideal? Agradeço a rápida resposta.

  3. JADISON ARAUJO disse:

    MEU CELTA 2004 1.4 COMEÇOU A FALHAR AS VESEIS
    LEVEI NO MECANICO ELE DISSI QUER ERA BOBINA
    E FOI LOGO TROCANDO COLOCOU UMA ORIGINAL FICOU BOM
    ATE 3 DIAS E VOUTOR TUDO NOVA MENTI OUTA BOBINA SORTE QUER GUARDEI
    A GARANTIA AIR TUDO CERTO DUROU MAIS UMA SEMANA LEVEI EM OUTO MECANICO
    ELI FOI NA SERTA

    ELE PEDIU UMA TOMADA DA BOBINA COLOCOU E FICO BOM A HOJE
    FIQUEI COM UMA BOBINA RESERVA AMINHA TA BOA FOI 250. PARA O RALO

  4. cesar augusto de bh mg disse:

    TO COM UMA CAPITIVA SISTEMA ECOTE1.4 COLOCARAN CONBUSTIVEL ADUTERADO NELA AI ACUSOU NO RASTREADOR FALHA NO SISTEMA DE MISTURA DE CONBUSTIVEL
    JA MEDI A BONBA DEU 4.2 BAR NA LINHA TROQUEI O FILTRO APAGUEI A MEMORIA MAS O DEFEITO VOLTOU ELA NAO CEITA ACELERAÇAO

  5. hildebrando disse:

    carro marca palio 96 1.5 gnv e GZ carro demora pegar saio com ele ando 500mt morre começa apipocar morre a luz do tanque acende e apaga? gostaria que me de a resposta.

    • Ademir disse:

      Caro…amigo primeira pergunta esse carro veio de fabrica com kit gas ( nao né )….
      comece a pensar nisso que vc vai resolver todos seus problemas…..

  6. Sergio disse:

    Tenho uma C10 – 6 cilindros – chevrolet brasil e, minha intensao é instalar um turbo com GNV geracao 5. Para isso sei que precisarei instalar uma injecao eletronica multi ponto. Gostaria de saber alguem ja fez isso, provavelmente usando o cabecote do omega 4.1. Alguem tem alguma dica ? A instalacao da injecao multiponto da bosch daria oara instalar neste cabecote do omega?

Deixe o seu Comentário

Atenção!!

1-Para que seu comentário seja melhor respondido, pedimos que coloque o máximo de detalhes possiveis sobre o modelo do carro e o que já foi feito para solucionar o problema. Quanto mais explicado for seu caso, mais facil é para nós darmos alguma dica.

2-Sempre que estiver ao seu alcance, ajude respondendo outros comentarios.

3-Lembrando que aqui damos dicas o que não quer dizer que vamos resolver seu problema, pois a mecânica automotiva já é difícil quando estamos presentes com o carro, imagina quando estamos a distancia.

4- Comente dentro de um texto que tenha relação com o modelo do seu carro ou com o tema da sua duvida, para isso use as categorias que estão do seu lado direito para selecionar um topico mais apropriado para seu problema ou dica.

5-Para que mais pessoas possam visualizar suas dúvidas, aumentando assim suas chances de resposta compartilhe este texto nas suas redes sociais. para isto basta clicar nos botões no lado esquerdo da sua tela.

6- Nós não cobramos nada pelas informações postadas neste Blog e nem pelas respostas nos comentários, mas se você quiser nos ajudar com uma contribuição de qualquer valor, ficaremos gratos. Para isto basta utilizar este botão:

A equipe do Dicas Mecânicas Agradece.

Ajude-nos a conseguir mais respostas para nossos comentários. É Simples e rapido, basta compartilhar esta Dica: